Telas em promoção em São Paulo

Instalação segura

Procurando telas de proteção em promoção acesso o site e adquira suas telas aqui.

Comprar Redes e Telas de Proteção

Depois de pesquisar em vários sites, assistir vídeos e consultar institutos de pesquisa, podemos afirmar que, a instalação de rede de proteção em casas e ou apartamentos pode ser feita pelo morador? Poder pode. Porém, não é aconselhado. Pois o mesmo certamente não se atentará à detalhes de inspeção do produto e instalação como um todo.

Examinando os produtos

rede de proteção

Hoje em dia, já existem empresas que oferecem além da instalação da rede de proteção, os chamados kits de instalação para que o cliente efetue a compra e faça a instalação ele mesmo.

É importantíssimo certificar-se das características da rede que está se comprando. O material utilizado para fabricação de redes de proteção é o polietileno de alta densidade, pois o mesmo é misturado com um composto químico chamado “anteUVA” que é um protetor contra o desgaste causado por intempéries.

A tela de segurança é feita através da união de 21 microfilamentos (resultado do derretimento do polietileno misturado ao anteUVA formando fios finos que oferecem alta resistência) trançados na máquina de tear e precisam aguentar até 500kg por metro quadrado.

A corda utilizada para trançar e esticar a rede é feita de polietileno com poliéster ou de poliamida e devem resistir uma força de tração de 1000N (102,02kgf) quando está nova, e até 650N (66,30kgf) quando já envelhecida.

Os ganchos usados para os pontos de fixação são feitos de aço e quando a instalação for realizada em regiões litorâneas, deve-se usar ganchos de inox, pois oferecem maior resistência às intempéries e não enferrujam. Cada gancho deve conter 4,2mm de diâmetro, resistir uma força de tração de no mínimo 30kgf e ser acompanhado de bucha nº 8 com abas.

Efetuando a instalação

Ao chegar no local onde será feita a instalação, é preciso antes de tudo avaliar o local. Certos locais oferecem riscos à segurança do profissional, por isso, alguns locais necessitam de cinto de segurança, escadas, andaimes ou até balanças de sustentação para execução do serviço.

Outro detalhe importante é a condição da parede que receberá os furos para fixação dos ganchos. Algumas construções, principalmente as mais recentes, são feitas com critério duvidoso, pois são utilizados materiais de segunda mão e apresentam paredes “fareladas”, oferecendo baixa resistência para fixação dos ganchos. Nestes casos, deve-se tirar a função martelete da máquina e furar usando apenas a função furadeira. Desta maneira é preciso fazer mais força para inserir a broca até o limite da furação, o que acarreta em maior tempo de execução, porém, atinge-se maior resistência e fixação dos ganchos, aumentando a confiança na instalação como um todo.

De acordo com a ABNT (Associação brasileira de Normas Técnicas), a distância máxima entre um gancho e outro deve ser de até 35cm para não comprometer a segurança da instalação.

É necessário fazer o furo com no mínimo 5cm de distância da quina do beiral da janela. Uma técnica bastante utilizada para não errar o local do furo é medir 3 dedos da quina do beiral para dentro, uma vez que, caso o furo seja feito muito próximo da quina, pode ocorrer a quebra do beiral, obrigando o instalador realizar outro furo para fixação.

Em média, uma janela padrão (aproximadamente 1,00 x 1,20m) recebe 16 ganchos respeitando as normas da ABNT.

Terminados os furos, fixam-se os ganchos com as buchas, girando até a marca limite do gancho onde começa a torção do mesmo. Desta forma aproveita-se o máximo a rosca do gancho e mantém o mais próximo possível a corda do beiral esticando a rede.

Com os furos feitos e os ganchos fixados, resta a instalação da rede propriamente dito.

Após conferir as medidas, verificamos quantas malhas (cada quadrado da rede é uma malha) cada espaço terá de ter. Corta-se a rede de acordo com as malhas necessárias e em seguida, com a corda, trança-se a rede passando a corda em cada malha separadamente em zigue-zague. É necessária muita atenção para não pular nenhuma malha, pois caso aconteça, o resultado ficará aparente no final da instalação, obrigando a repetição desta etapa para finalizar.

Feito todas estas etapas, coloca-se a rede nos ganchos juntamente com a corda, efetua-se o nó na corda esticando ao máximo a mesma e consequentemente a rede e pronto. Está feita a instalação da rede de proteção.

A rede não deve ficar muito frouxa, nem muito esticada, atingindo um equilíbrio entre estes dois extremos. A corda deve ficar bem esticada, minimizando ao máximo a envergadura causada pela resistência da rede.

Procurando um profissional

Entrando em contato com a Rede & Cia, você conta com profissionais qualificados que seguem as normas estabelecidas garantindo a satisfação dos clientes.

Solicite um orçamento sem compromisso.

Entre em contato e comprove!!!